Você sabe como ocorre uma chuva de Meteoros?

Olhar, para o céu……………… Que coisa boa!
Acho que todos já passamos um tempo olhando para o céu tentando compreender o que há lá fora e admirando toda a beleza daqueles pontinho luminosos, chamados de estrelas, quando de repente, aparece do “nada” uma “estrela cadente” e some tão rápido quanto apareceu. Alguns até fazem pedidos, mas, o que são essas “estrelas cadentes”?
 
Meteoro cruzando o céu
As “estrelas cadentes” são na verdade Meteoros. Ocorre quando fragmentos de materiais sólidos como rochas, metais, etc ( chamados de meteoróides), que vagam pelo espaço em torno do Sol, penetram na alta atmosfera da Terra. O atrito com os gases da alta atmosfera da Terra fazem com que essas partículas alcancem altas temperaturas e literalmente incendeiem.
O tamanho desses fragmentos que dão origem aos meteoros quando entra na alta atmosfera da Terra varia desde alguns milímetros até alguns metros. Os maiores podem atingir a superfície ( No caso, quando atingem a superfície passam a ser chamados de meteoritos ).


Em certas épocas do ano, o número de meteoros aumenta em uma determinada área do céu. A este evento chamamos de chuva de meteoros, que se dá quando a Terra passa em uma determinada parte de sua órbita onde um cometa deixou rastros de matéria sólida. Quando a Terra passa por essa determinada região, ela “varre” uma porcentagem dessa matéria, o que faz com que o número de meteoros visíveis em uma noite aumente consideravelmente. 
 
Desenho ilustrativo de uma chuva de meteoros e sua relação
com a passagem de um cometa
Quando olhamos esse evento, temos a impressão de que todos os meteoros parecem vir de um mesmo ponto no céu. Na astronomia, chamamos isso de radiante. Toda chuva de meteoros tem um radiante determinado, que acaba dando um nome a chuva de meteoros. Por exemplo, as Geminídeas tem esse nome pois parecem vir da constelação de gêmeos, todo 13-14 de dezembro.
Principais chuvas de meteoros no ano:
  • Quadrantídeas – 04 de Janeiro – 95 meteoros por hora
  • Lirídeas – 22 de Abril – 15 meteoros por hora
  • Eta-Aquarídeas – 05 Maio – 30 meteoros por hora
  • Delta-Aquarídeas – 29 Julho – 20 meteoros por hora
  • Perseídeas – 13 Agosto – 95 meteoros por hora
  • Orionídeas – 22 Outubro – 20 meteoros por hora
  • Taurídeas – 03 – 13 Novembro -15 meteoros por hora
  • Leonídeas – 18 Novembro – 12 meteoros por hora
  • Geminídeas – 14 Dez – 100 meteoros por hora
Anúncios

Comentários:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s